Bem-Estar 28Out

O que tens mesmo de saber para escolher ténis de desporto


Um dos aspetos mais importantes da prática desportiva é a escolha de um calçado que seja adequado, não só ao tipo de treino, mas também ao teu corpo. A escolha correta dos ténis é essencial para aumentar o rendimento e diminuir os fatores de risco de lesões.
 

Qual o desporto que vou praticar?

Os ténis têm uma forma, estrutura e desenho diferentes em função dos movimentos mais repetitivos de cada desporto, da forma dos nossos pés e da superfície onde se vão praticar os treinos. É, por isso, altamente aconselhável experimentar vários ténis para ver quais se adaptam perfeitamente à forma do pé e à atividade a praticar.
 

Características dos ténis ideais


1. Leves
O peso excessivo diminui o rendimento e aumenta o gasto energético, antecipando a fadiga.

2. Sola resistente ao desgaste
É fundamentalmente constituída por poliuretano. A duração do calçado desportivo oscila entre 800 e 1500 Km. A parte da sola que mais se deve gastar num pé normal é a traseira e externa. Dependendo do desporto, as solas têm desenhos diferentes para se adequarem aos movimentos e exigências de cada atividade.

3. Confortáveis
Para não diminuir o rendimento.

4. Capacidade de absorção de impactos
Tanto mais importante quanto mais dura seja a superfície de treino. Na corrida o impacto do pé com o chão gera uma força equivalente a 3 vezes o nosso peso. Num salto chega a ser 6 vezes superior. É cada vez mais frequente o fabrico de modelos com “câmara-de-ar” sob o calcanhar, para ajudar a amortecer os impactos.

5. Estáveis
É importante para diminuir o risco de lesões. Por exemplo, no basquetebol e voleibol, as entorses do tornozelo são lesões comuns. Uma forma de prevenção pode ser o uso de ténis mais altos que ajudem a estabilizar de alguma forma o tornozelo.
 

Conselhos práticos

  • Ter em conta a atividade desportiva que vamos praticar.
  • Ir com tempo e calma à loja. Comparar e experimentar vários modelos.
  • Os ténis não devem estar muito apertados nem muito grandes. Comprar sempre tendo em conta o pé maior (costumamos ter um pé maior do que o outro). Entre o dedo mais comprido e a ponta do calçado deve sobrar meio centímetro, e estes dedos devem conseguir mexer com liberdade dentro do calçado.
  • Experimentar o calçado depois de uma pequena caminhada e de tarde, com as meias que vão ser usadas para os treinos.
  • O calçado deve ser confortável desde o início.



Ver também



Precisa de um crédito?
1