Treino 07Abr

Dicas para Ganhar Massa Magra

Quando o objetivo é desenvolver massa magra, os pormenores fazem toda a diferença. Quem é que nunca sonhou com aqueles glúteos, pernas e tronco com um aspeto duros?

Então para isso devemos focar-nos nos nossos hábitos. Partindo do pressuposto que  já sabes a importância das 7 a 9 horas de sono por noite, dos treinos intensos e da alimentação equilibrada e rica em nutrientes a cada 3 horas, vamos passar para os restantes pontos-chave.
Segue estas dicas para gnahar massa magra!

Dicas para Ganhar Massa Magra

Hidratação

Se os músculos são compostos maioritariamente por água e se um indivíduo adulto tem, na sua composição corporal, cerca de 70% de água, imagina os benefícios que te pode trazer uma ingestão constante de líquidos ao longo do dia.

Respiração

De uma forma simples, deves reter que os teus músculos vão manter-se tão ou mais volumosos e resistentes consoante o teu cuidado em respirar profundamente. Sente a respiração, sente o ar entrar e percorrer todo o teu interior até ao umbigo. Inspira lentamente pelo nariz e expira calmamente pela boca. Esta prática não só vai ajudar-te na recuperação muscular, na eliminação do dióxido de carbono (consequentemente aumento do pH sanguíneo e maior recuperação), como também a reduzires o stress e a ganhares anos de vida.

Exercícios Compostos

Começa o teu treino sempre com exercícios compostos, para o grupo muscular que vais trabalhar.
Exemplos:

  • Perna – Agachamento
  • Femoral – Levantamento de Terra
  • Ombro – Press Militar
  • Peito – Supino
  • Dorsal – Elevações

Deste modo vais ativar muito mais massa muscular nessas zonas e consequentemente estimular maior produção de testosterona e hormona do crescimento, essenciais para construíres tecido estriado. Se esse exercício é difícil e exige muito de ti, então estás a começar pelo exercício certo! Claro está que deve haver sempre um bom aquecimento e fase preparatória com uma carga mais leve, mas os básicos são teus amigos.

Cardio

Sim, leste bem! Está provado que o treino cardiovascular tem efeitos anabólicos e positivos na recuperação, auxilia na eliminação do ácido láctico, promove uma maior remoção de metabólitos e toxinas do sangue e consequentemente vai fazer-te treinares no dia a seguir com mais força e intensidade. 25-30 minutos de cardio moderado preferencialmente após o treino, 4 a 5 vezes por semana. Isto vai ajudar-te não só a recuperar como também a alcançares os ganhos sólidos e sustentáveis que tanto procuras.



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis