Entrevista 07Nov

À Conversa com Susana Vie // High Performance Training


Susana, instrutora de Yoga e Pilates, tem 31 anos e vive em Lisboa. Vegetariana, é adepta do desporto desde nova, mas é no Yoga e no Pilates que encontra o seu desenvolvimento pessoal e se mantém ativa! O Clube Fitness esteve à conversa com Susana Vie, autora do blog com o mesmo nome.
 
A instrutora considera o Yoga uma modalidade benéfica para a saúde e bem-estar. Proporciona força muscular, flexibilidade, técnicas que permitem melhorar a concentração, redução dos níveis de stress e alto rendimento no trabalho ou a nível pessoal. Além disso, é excelente para manter a forma!
 

À Conversa com Susana Vie

Primeiro conta-nos um pouco da tua história. Sempre te interessaste por desporto e atividade física? E como surgiu o yoga e o personal training na tua vida?
Sou a Susana, instrutora de Yoga e Pilates. Sempre gostei de desporto e não dispensava as aulas de educação física. Gosto de tudo o que envolve resistência do corpo e da mente. O Yoga surgiu na adolescência e foi aí que encontrei algumas respostas às duvidas de uma normal adolescente.

O que mais te fascina no Yoga? E porquê?
O que me fascina no Yoga é o facto de me desafiar a todo o tempo. Gosto das técnicas corporais altamente fortes e dinâmicas que o Yôga dispõe. Ajudam-me a entender o conceito de persistência e esforço pessoal; a ultrapassar a resistência do corpo e fazer o que é necessário ser feito para disciplinar-me.

De que forma esta modalidade pode ajudar as pessoas? E para quem a modalidade é mais benéfica?
Para todos, simples. As técnicas são ajustadas ao nível de cada um. É benéfica para o trabalho ou a nível pessoal, nas artes, nos estudos, desporto ou artes marciais.

Quais são os verdadeiros benefícios do yoga? Tanto a nível físico como mental.               
Algumas das ferramentas são a técnicas respiratórias que ajudam na gestão do stress, as técnicas corporais eliminam as tensões musculares e aquietam a mente. Melhora a concentração, a criatividade...

Quais são os exercícios ou movimentos base do Yoga? Dá 4 ou 5 exemplos.
Técnicas respiratórias, asanas (as posições de Yoga), exercícios de relaxamento físico e emocional; concentração, meditação, e outros.



No teu blogue e página de Facebook, falas em High Performance Training. Podes explicar no que consiste este High Performance Training e a quem se dirige esta modalidade?
O conceito de alta performance geralmente está associado ao desporto de alto nível. Mas a ideia de alta performance pode e deve ser aplicada não apenas a nível do desporto profissional.
De todas as pessoas no mundo, os atletas parecem entender o conceito de persistência e esforço pessoal mais do que ninguém. A maioria das pessoas não convive diariamente com a persistência em agir perante um obstáculo significativo. Acho que todos podemos beneficiar de uma certa mentalidade desportiva nas nossas várias atividades. O Yoga é um caminho para o desenvolvimento pessoal em todos esses aspetos. Ao aprender as técnicas corporais do Yoga (asanas) estamos a estimular a capacidade de enfrentar os nossos limites. A vontade de permanecer numa posição por 30 segundos ou 1 minuto, a desafiar a preguiça da mente e tirando-a da sua zona de conforto, vai desenvolver-se no corpo físico e da mesma forma no lado emocional que fica muito mais resistente.

Sabemos que tanto dás aulas de grupo de yoga como aulas particulares. Para quem pratica, o que é melhor: em grupo ou sozinho?
Quando estamos sozinhos é bom ter alguém ao seu lado, a explicar e incentivar-nos para praticar, os treinos tornam-se mais produtivas e dão-te mais vontade de treinar.

As tuas aulas também podem ser dirigidas a Treinos de Força & Flexibilidade. No que consistem esses treinos e quais as suas vantagens?
O Yoga não é apenas um exercício de relaxamento. É possível ficar em forma utilizando um conjunto de exercícios menos ou mais adiantados que aumentam a definição muscular e a flexibilidade. Os teus músculos mais profundos serão altamente estimulados. O objetivo é também trabalhar a agilidade corporal e devolver  gradualmente o movimento ao corpo.



Como metodologia de alta performance, os atletas profissionais ou amadores também podem beneficiar das tuas aulas. Como?
Para este tipo de público dou maior atenção às técnicas que proporcionam especificamente maior resistência emocional e muscular. Em plena competição somos confrontados com uma série de situações imprevisíveis que alteram o nosso estado respiratório, gerando stress, ansiedade, tensão emocional e física, que consequentemente dificultam a lucidez, a concentração e a capacidade de colocar em prática aquilo que aprendemos. No desporto, por exemplo, a diferença do primeiro ao segundo lugar é uma questão de menos de um segundo, trabalhar para alcançar mais um milésimo de segundo em relação ao segundo participante poderá estar nos detalhes, como por exemplo manter a 'cabeça fria' e mais lúcida que os restantes.

Tens algum atleta profissional que após os teus treinos tenha notado melhoras na sua performance? Algum caso que possas relatar…
Trabalhei com bailarinos profissionais e praticantes de artes marciais. Perceber que apesar do muito que já treinam ainda há espaço para aprender mais principalmente ao nível da respiração. Nas artes marciais, por exemplo, quem tem mais flexibilidade e agilidade corporal consegue beneficiar na sua arte.

A par da atividade física, uma alimentação equilibrada e saudável é fundamental. Quais são os cuidados que tens com a tua alimentação?
Sou vegetariana há 7 anos. Tenho os cuidados que naturalmente alguém que trabalha na área do bem-estar físico tem. Mas não podemos esquecer que as emoções negativas libertam mais toxinas para o organismo do que uma alimentação pesada, por isso, não gosto de censurar a alimentação nem culpá-la de todos os males.

É possível ficar em forma praticando apenas yoga?
Atualmente eu só estou a fazer Yoga e Pilates, espero que sirva de resposta.

Muitas pessoas vêm o Yoga como uma modalidade ‘parada’, pouco ‘ativa’ e até pouco ‘estimulante’. O que lhes dirias para as fazer mudar de opinião?
Por todas a razões e mais algumas que referi acima, venham experimentar.
 
 



Precisa de um crédito?
1