Saúde 06Fev

Falsa magra: como identificar se sou uma?


Ser magra é sinónimo de ser saudável? Nem sempre. Segundo estudos, 1 em 4 pessoas com peso dito normal, é considerada “falsa magra”. São pessoas que parecem saudáveis, mas quando passam por exames e testes, apresentam altos índices de gordura corporal, que pode representar riscos elevados à saúde.


Falsa magra: como identificar se sou uma?

A chamada "falsa magra” é uma pessoa com peso relativamente baixo, mas com percentual alto de gordura. Normalmente, o corpo das falsas magras é muito bonito, mas têm as coxas, glúteos, anca e braços mais gordinhos ou possuem gorduras localizadas. 

O exame de bioimpedância pode identificar se és ou não uma “falsa magra”, pois ele mede o percentual de gordura corporal. Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma mulher com níveis de massa gorda superiores a 33% já ultrapassa os limites do saudável.

No ponto de vista da saúde, a falsa magra tem um risco elevado de ter os mesmos problemas cardiovasculares, colesterol, diabetes e acúmulo de gordura nos órgãos que uma pessoa obesa. Para combater este problema, deves adotar um estilo de vida saudável e praticar exercícios físicos regularmente, de preferência musculação. 

As pessoas do sexo feminino são as mais associadas a este tipo de problema, mas há cada vez mais homens a sofrer do mesmo, especialmente os que fazem dietas restritivas e sem acompanhamento nutricional.

falsa-magra

Vê também:



 

PUB

Sugestões Prozis