Cardio 06Abr

Cardio Haters: Este Treino é para Vocês!

A verdade é que nem toda a gente gosta de cardio.
Passar 20 ou 30 minutos na passadeira, na bicicleta, na elíptica ou na natação a tentar suar umas míseras calorias é um verdadeiro pesadelo, mas não desesperem que há solução para vocês! Há um treino perfeito para os cardio haters.

Chama-se Tabata e é o mais recente método de treino cardio criado no Japão por Izumi Tabata, cientista de um departamento de fisiologia, que conduziu uma série de testes, em vários grupos de atletas, aplicando treinos de intensidade moderada e treinos de alta intensidade intervalado.

Na comparação dos resultados obtidos, o investigador comprovou que um treino de alta intensidade intervalado era mais eficaz na melhoria das capacidades aeróbias e anaeróbias. Enquanto que no treino de intensidade moderada a alta (corrida, bicicleta, natação) só foram verificados benefícios ao nível do sistema aeróbio.

Este método de alta intensidade desenvolvido por este fisiologista japonês revela melhorias no sistema aeróbio muito mais eficazes do que outras formas de treino cardiovascular “tradicionais”, aumentando em simultâneo as capacidades anaeróbias. Mas o que é que esta conjugação de sistemas traz?

Permite aumentar a velocidade do metabolismo durante e após o exercício, o que significa que após o final de cada treino continuamos a queimar calorias (por umas boas horas) o que é uma excelente ajuda para a redução de gordura corporal.

Mas desenganem-se se acham que é assim tão fácil. Não é! Tudo o que é eficaz necessita de trabalho e dedicação e este método não é exceção.

Cardio Haters: Este Treino é para Vocês!

A Tabata tem um grau de exigência elevado e é necessário resistência física e psicológica para o realizar. Ou seja, não é para meninos!

Tem uma duração de 4 minutos. Sim, ouviram bem. Cada exercício é realizado durante 20 segundos e o descanso entre os exercícios é de apenas 10 segundos. Parece fácil, mas não é. Vão parecer os 20 segundos mais longos da vossa vida. Porquê? Porque de um fôlego, os praticantes têm que trabalhar o máximo que conseguirem, desde o princípio até ao fim.

É um método que vive desta adrenalina e rapidez, que de acordo com um estudo da Universidade de Auburn, gasta, em média, cerca de 13,4 calorias por minuto durante um treino, sendo que "la piéce de la resistance" é mesmo aquilo que se queima no pós-treino. Ou seja, quanto maior for a intensidade do treino, mais prolongado fica o período em que o metabolismo continua ativo a queimar calorias, porque demora também mais tempo para que o corpo retome ao seu estado normal de energia (apesar de estar em repouso).

Já se estão a imaginar sentadinhos nas vossas secretárias, 30 minutos depois, a queimarem calorias como se estivessem na passadeira? Muito bom!

Ficaram curiosos? Querem experimentar um treino de Tabata? Ora aqui vai:



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis