Musculação 08Set

Segredos para Braços Grandes e Fortes


A maioria dos homens gostariam de ter braços grandes. É a pura realidade. Por uma simples razão. São provavelmente o grupo muscular preferido da maioria dos praticantes de musculação. Por ser um grupo muscular tão importante, e visto que os braços são utilizados ativamente para todos os treinos, é fundamental treinar adequadamente. Para te ajudar, desvendamos alguns segredos para ter braços grandes e fortes.

O principal segredo para ter braços grandes e fortes é treinar adequadamente e adotar uma alimentação equilibrada. A alimentação é a base dos treinos de musculação e é considerada a principal “arma” para ter uns braços grandes e fortes. Mas não ficamos por aqui! 

 
Segredos para Braços Grandes e Fortes

 

Individualidade biológica

Primeiro que tudo, é necessário considerar a individualidade biológica. Muitas pessoas não conseguem atingir determinados objetivos por questões genéticas. Porém a maioria das pessoas, acabam por optar por rotinas às quais origine melhores resultados para a sua genética. E isso não está incorreto, desde que pratiquem novos exercícios, com diferentes números de séries e repetições, para que o músculo não entre num estado de adaptação.
 

Variedade de exercícios

A variedade de exercícios, bem como os métodos utilizados na musculação, é fundamental para atingir uns braços grandes e fortes. Varia sempre o teu treino de forma a atingir todas as áreas dos músculos.


Treino de intensidade elevada

Quando treinares estes grupos (bíceps e tríceps) preocupa-te com a intensidade. O incremento da performance muscular depende do tipo, intensidade e duração do estímulo. Treinar em intensidade elevada é fundamental para que se obtenha ganhos reais de força e de hipertrofia.
 

Alternar estímulos

Manter por muito tempo a mesma série de exercícios, com a mesma carga, acaba por deixar o músculo habituado. Músculo habituado não se desenvolve!


 

Intervalo entre as séries

Manter um intervalo entre as séries correto é fundamental para que os teus músculos se mantenham em estado de treino e não regressem ao estado de repouso.
 

Método de contraste

O que é método de contraste? É simples! Este método consiste em fazeres 5 repetições com o peso suficiente para executá-las em excelente forma. Após isso, deves aumentar o peso em 15% e descansar 4 minutos. Depois, voltas ao peso utilizado e tentarás fazer o movimento até o ponto máximo que conseguires. Após isso, deves manter uma contração estática de 8 segundos. Repete o processo novamente.


 

Métodos decrescentes

Métodos decrescentes podem ser comparados com os chamados “rest pause”. O rest pause por si só costuma utilizar um número X de repetições com 80% da carga máxima, depois descansa-se 10-15 segundos, faz-se uma nova série com o mesmo peso até à falha, descansa-se mais 10-15 segundos e repete-se o processo até atingir uma repetição máxima.

O mais interessante deste método é tentar aumentar, a cada treino, um pouco do peso utilizado. Não importa se é apenas 1kg ou 2 kg. O importante é melhorar para que o corpo não entre em adaptações.
 

Respeitar as horas de sono

Descanso também é treino. Dorme pelo menos de 6 a 8 horas diárias e evita fazer muito esforço físico no pós-treino.
 

 



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis