Musculação 26Ago

Dicas para Otimizar Treinos de Musculação


Quando começas a treinar, é natural que não penses em outra coisa a não ser nos resultados, que precisam de aparecer rapidamente e fazer o todo o teu esforço valer a pena. E, no caso da musculação, alguns truques fazem mesmo a diferença. Aqui estão algumas dicas para otimizar treinos de musculação e obter resultados cada vez melhores!

A musculação é um tipo de exercício físico em que o praticante procura - constantemente - estar melhor e se superar. Esta é uma modalidade que não tolera estagnações, mas apenas visa a superação e otimização de resultados. E, como sabemos, evoluir na musculação não é uma tarefa fácil, uma vez que esta modalidade está interligada com outros aspetos da vida, como boa alimentação, bom descanso, etc. Não basta só aumentar a carga, é preciso prestar atenção aos outros detalhes para tirar proveito máximo da musculação.

Por isso neste artigo iremos conhecer os aspetos que podem ajudar a otimizar os treinos de musculação, fazendo com possas ter mais disposição, energia e vontade de realizar o teu treino de forma correta.
 

Dicas para Otimizar Treinos de Musculação


1. Dormir bem

O sono é um dos fatores fundamentais quando se fala em descanso e é durante este período que conseguimos otimizar a parte física e mental. Na parte física podemos citar a alta produção hormonal, a alta síntese proteica, a reestruturação de estruturas danificadas pelas atividades do dia-a-dia (inclusive as do treino), etc. 
Para o praticante de musculação, isso reflete-se diretamente no treino, pois não é possível realizar um treino eficaz se estiveres cansado fisica ou mentalmente. Assim, dormir bem é fundamental para melhorar os teus treinos e, consequentemente, os teus resultados.
 

2. Apostar num bom suplemento pré-treino

Os suplementos pré-treino são - em alguns casos - dispensáveis. Porém, para quem pratica musculação, eles podem ser uma vantagem extra a ser adquirida, fazendo com que haja uma probabilidade maior de ganhos e evolução nos treinos. Os suplementos pré-treino devem primordialmente possuir princípios anabólicos e não unicamente estimulantes. Assim, aposta numa alimentação saudável e equilibrada, num treino devidamente ajustado e aproveita os benefícios de suplementos pré-treino.
 

3. Organizar adequadamente a sinergia muscular

Uma forma bastante simples de melhorar os treinos e os resultados é através da organização sinérgica do exercício, ou seja, uma organização que possa proporcionar tanto estímulos, quanto o descanso em níveis e durações necessárias entre as sessões de treino. Por exemplo, treinar peito na segunda-feira e tríceps na terça, não é uma forma sinérgica de treino, já que os tríceps vão estar fatigados, uma vez que foram "utilizados" no treino anterior.
Lembra-te que o sinergismo dos grupos musculares envolve tempos de descanso entre as sessões de treino. Não há necessidade de uma frequência absurda de treino, pois isso influenciará negativamente os teus resultados.
 

4. Alongamentos após o treino de musculação

Os alongamentos são bastante negligenciados entre os praticantes de musculação. Contudo são exercícios que apresentam importantes benefícios ao corpo, tanto na evolução da performance, quanto na própria recuperação muscular. Diferente do que muitos imaginam e fazem, o ideal é alongares-te após o treino de musculação, para conseguires estimular a recuperação muscular.
 

5. Treinos mais curtos e menos frequentes

Existe uma certa controvérsia entre o volume versus intensidade relativamente aos treinos de musculação. Enquanto uns defendem treinos volumosos tendo como objetivo a intensidade máxima, outros linhas acreditam que a intensidade é possível de ser atingida através da realização de treinos árduos, mas menos frequentes e rápidos.
Apesar de haver um consenso de que a individualidade fala mais alto, a segunda teoria é a mais próxima do ideal, ou seja, os treinos com o máximo de intensidade requerem maiores períodos de recuperação e os treinos volumosos não tão eficazes. Por isso, considera a hipótese de reduzires nos treinos para veres mais resultados.
 

6. Muito sódio antes do treino

Apesar da extrema importância que o sódio exerce para inúmeras funções metabólicas e fisiológicas, este é um mineral que tem fama pelos efeitos negativos que pode apresentar, frente a um consumo muito elevado e inadequado.
O sódio é um importante mineral no controlo hídrico do corpo e para a contração muscular, o auxilio na absorção de alguns macronutrientes como a glicose, a ativação da neurotransmissão, entre muitas outras. Ele deve primordialmente estar presente em boas quantidades na dieta. Para os praticantes de musculação que procuram bons resultados e querem otimizar os treinos, uma boa ingestão de sódio diariamente, mas em especial na refeição pré-treino, é fundamental. Lembra-te de que o sódio não necessita de ser digerido e em pouco tempo estará disponível na corrente sanguínea, maximizando os os teus treinos.
 

Conclusão:

Há inúmeras formas - fáceis e baratas - de otimizar os treinos de musculação. Bons treinos!

 



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis