Entrevista 17Ago

À conversa com Nuno Sousa // CrossFit São João da Madeira


“A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável”. O instrutor de Crossfit Nuno Sousa, de 31 anos, acredita - literalmente - nas palavras de Ghandi. Para o instrutor da box CrossFit São João da Madeira, a vida é feita de desafios e o CrossFit é um desafio diário. Todos os dias - a cada treino - nos podemos superar!

"O Crossfit levou-me a superar metas que eu nunca pensei ser possível atingir.

O instrutor de CrossFit procura desmistificar a ideia de que a modalidade é só para atletas. "Não, de maneira nenhuma!" É um treino escalável e adaptável, que permite que todas as pessoas possam treinar.

O Clube Fitness esteve à conversa com Nuno Sousa do CrossFit São João da Madeira, que garante que o CrossFit é para todos os que têm o desejo de ser melhores e de melhorar a sua condição física, os que gostam de se superar.
 

À conversa com Nuno Sousa - CrossFit São João da Madeira

Sempre praticaste desporto / exercício físico?
Desde muito miúdo que pratico desporto, comecei pelos desportos coletivos (futebol e andebol), na adolescência comecei a frequentar o ginásio, passando também pelos desportos de combate (jiu-jitsu).

Quando e como surgiu o CrossFit na tua vida?
A palavra CrossFit surgiu numa formação em 2012 de preparação de atletas de alto rendimento, em que foi abordado o tema muito de leve, o que me levou a pesquisar sobre o mesmo. Mais tarde quando surgiu a primeira box em Aveiro, comecei a praticar. Desde  então foi amor à primeira vista.

Define o Crossfit numa palavra.
Liberdade.



O que mais gostas no CrossFit?
O desafio diário. Porque durante a nossa vida estamos expostos a desafios, os quais nos ajudam a moldar o nosso carácter. Ao longo da minha vida tive a sorte de ser muito desafiado. Se não fossem os desafios, não seria a pessoa que sou hoje, parte da minha identidade foi moldada através deles. É por isso que gosto do CrossFit, por me desafiar a que, em cada dia, possa fazer melhor que no dia anterior e a superar-me a cada treino, fazendo-me crescer. O Crossfit levou-me a superar metas que eu nunca pensei ser possível atingir
 
A quem aconselhas a prática desta modalidade? Porquê?
A toda a gente. Porque é um treino escalável e adaptável, que permite que todas as pessoas possam treinar. O CrossFit é para todos os que têm o desejo de ser melhores e de melhorar a sua condição física, os que gostam de se superar.



Qual o teu conselho para quem vai começar a praticar Crossfit?
Como diz o nobilíssimo Fernando Pessoa, “Primeiro estranha-se, e depois entranha-se.”, no início é um pouco “duro”,  existem novos movimentos para ser assimilados, exercícios que exigem bastante técnica e podem demorar algum tempo a aprender, por isso deixem o ego de lado e desfrutem do processo de vencer dificuldades e de evoluir todos os dias.

Quais os maiores desafios do Crossfit?
Mudar um pouco a mentalidade das pessoas. Quando se fala de Crossfit as pessoas associam a competição ou a super atletas. E a modalidade é muito mais que isso.

Como funciona um treino de Crossfit?
O treino é dividido em quatro partes: warm-up, técnica ou força, WOD, cool down.



Quais os erros a evitar para a prática correta do Crossfit?
O mais importante é a adaptação, devemos sempre respeitar o movimento, a técnica é mais importante que o relógio. Devemos sentir confortáveis com o desconforto, devemos ouvir os coach’s e claro deixar o ego fora da box.
 
Qual o tempo ideal de descanso entre os treinos? Porquê?
Depende de pessoa para pessoa, podemos treinar 5 a 6 vezes por semana, mas como é obvio, devemos ouvir o nosso corpo. O descanso é muito importante.



 

 



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis