Bem-Estar 21Jul

8 Regras para ter um Corpo Fit


“Um corpo Fit não se consegue apenas com um bom e regular treino. Pelo contrário, obter um corpo Fit está muito mais relacionado com uma boa alimentação do que propriamente com o treino”, é o que diz a Personal Trainer/Fisioterapeuta Ana Freitas. Concordas?

O segredo de uma boa alimentação não está em comer apenas verduras e legumes ou fazer dietas milagrosas, mas sim comer um pouco do que cada alimento pode oferecer. Para os que praticam atividade física, este é um fator fundamental para alcançar um bom desempenho.
 
Ana Freitas sugere regras de ouro relacionadas com a nossa alimentação. Paralelamente a estas regras, é essencial adotar hábitos alimentares conscientes. Concentrar-se na mastigação, comer devagar e pausadamente, ajuda a saciar mais rápido e a ingerir menos calorias. Queres ter um corpo fit? Coloca estas regras em prática!


8 Regras para ter um Corpo Fit


Regra 1 – Comer proteína ao pequeno-almoço

Maior parte das pessoas não consome proteína ao pequeno-almoço, mas é uma prática que se deve adotar. Consumir proteína ao pequeno almoço ajuda na recuperação muscular, e metabólica depois de 10 a 12 horas sem comer. Por outro lado, consegue oferecer uma maior saciedade durante o dia e leva a fazer melhores escolhas alimentares.


 

Regra 2 – Comer alimentos no seu estado natural

Se o teu objetivo é ter um corpo magro e tonificado, umas das regras é reduzir literalmente a ingestão de alimentos processados e refinados. Estes alimentos estão carregados de calorias, por isso, escolhe alimentos no seu estado natural, como a carne, peixe, ovos, frutos secos, vegetais, legumes e frutas que não foram processadas. 


 

Regra 3 – Compreender a razão pela qual a proteína sustenta a massa magra

Conheces as razões pela qual devemos ingerir proteína? Explicamos rapidamente: Os alimentos ricos em proteína têm maior impacto sobre a redução da fome, e ajudam a gerir o açúcar e a insulina no sangue. Isto reduz a vontade em consumir açúcar. Mas não são apenas estas as razões que a proteína é tão importante para a massa magra.

Muitas vezes acontece um défice calórico e o corpo entra num estado catabólico, o que significa que também perdemos massa magra em conjunto com a gordura. Quanto mais músculo se perde, mais a taxa metabólica diminui. Assim, é necessário uma alta ingestão de proteína ao longo do dia para compensar a perda de músculo.
Agora já sabes! Aposta em alimentos ricos em proteína.


 

Regra 4 – Comer gorduras saudáveis em quantidades recomendadas

Sabias que a ingestão de gordura de qualidade ajuda a queimar gordura? Sim é verdade.

“Para queimar gordura, o corpo deve ser metabolicamente flexível para que seja capaz de mobilizar rapidamente e usar a gordura corporal armazenada para produzir energia. Uma alteração em termos desta flexibilidade metabólica leva ao ganho de gordura e à resistência à insulina", diz Ana Freitas.

Estas gorduras são ricas fontes de vitaminas, por isso se queres um corpo Fit deves consumir alimentos ricos em gordura saudável.

 


Regra 5 – Equilibrar proteína com legumes e frutas

Um dos erros mais comuns das dietas com elevado teor de proteína é que muitas vezes as pessoas comem menos fruta e legumes, que são alimentos ricos em nutrientes. Estes alimentos são muito importantes para a saúde, porque fornecem compostos bioativos na eliminação da inflamação que vem de uma alta ingestão de proteína. Ao consumir estas fibras e antioxidantes combate-se a inflamação associada ao alto consumo de proteínas.


 

Regra 6 – Comer hidratos de carbono, de preferência à noite

Ao contrário do que muitos pensam, não se deve eliminar os hidratos de carbono para perder peso. Apenas deve ingeri-los de uma forma equilibrada, e de preferência à noite. Porquê à noite? Porque aumenta os níveis de leptina, uma proteína responsável pela saciedade, e consegue aumentar o metabolismo e queimar gordura durante a noite e horas seguidas.


 

Regra 7 – Eliminar bebidas calóricas

Mais uma regra indispensável! Não consumas refrigerantes, sumos e bebidas carregadas de conservantes e açúcares, deixa as calorias para os alimentos sólidos. Para te manteres hidratado não há nada mais saudável que a água.



 

Regra 8 – Não tenhas medo do sal, gorduras, carne, ovos e similares

Saltear os vegetais com uma fonte de gordura, como o azeite permite a absorção de nutrientes dos vegetas.

Já a carne e os ovos fornecem o tipo de nutrição necessário para a função cerebral e desempenho físico inerentes a quem treina.

O sal, quando usado corretamente, aumenta os sabores da comida, e é um componente-chave de um equilíbrio saudável de electrólitos.

 
 



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis