Nutrição 27Jun

Sal rosa dos Himalaias: benefícios e como usar


Ninguém tem dúvidas que a ingestão excessiva de sal na comida faz mal e entre os tipos de sal que existem – dentro os quais o marinho – uma espécie tem chamado a atenção devido à sua pureza química: o sal rosa dos Himalaias. Segundo dizem, é o sal integral mais saudável do mercado.
 

Sal rosa dos Himalaias: benefícios e como usar

O sal dos Himalaias é livre de toxinas e poluentes, e é considerado o sal mais puro do planeta. A sua cor rosa deve-se à alta concentração de minerais que contém. Ainda possui elementos que são essenciais ao organismo humano, incluindo iões de cálcio, potássio, magnésio e ferro. Dada a sua riqueza e permanência das suas características no estado praticamente puro, é utilizado, tanto na culinária, como para fins terapêuticos.
 
Encontra-se à venda nas grandes superfícies e nas lojas de produtos dietéticos ou biológicos. No Celeiro, pode ser encontrado a 4,65€.

 
Benefícios

  • É o mais alto grau de sal natural integral.
  • Não é refinado.
  • Não contém poluentes e/ou venenos na sua composição (como é o caso dos tipos mais comuns de sal).
  • Regula o teor de água em todo o corpo.
  • Promove um equilíbrio saudável do pH nas células do corpo humano, particularmente nas células do cérebro.
  • Apoia a saúde respiratória.
  • Previne cãibras musculares.
  • Promove a resistência óssea.
  • Ajuda a regular o sono.
  • Reduz sinais de envelhecimento.
  • Possui até 84 minerais importantes para o funcionamento do corpo humano, incluindo o mineral magnésio (que baixa a pressão alta).


Como usar?


Banho
Este sal é ideal para quem quer relaxar e tonificar a pele. Para utilizar, apenas é necessário acrescentar sal na banheira e imergir o corpo cerca de 30 minutos. Este banho é especialmente eficaz antes de dormir e irá proporcionar um sono mais relaxante.


 
Cozinha
Adiciona o sal durante o cozimento da comida. O teor de cloreto de sódio é muito semelhante ao do sal marinho, por isso, é muito importante consumir com moderação. 
 



Partilha este artigo:

 

PUB

Sugestões Prozis